Bife ancho: você já provou a carne mais nobre do boi?

Bife ancho: você já provou a carne mais nobre do boi?

- Bife ancho: você já provou a carne mais nobre do boi?

Um dos cortes sul-americanos mais conhecidos, o bife ancho carrega em seu nome muita tradição e sabor, ganhando cada vez mais espaço no coração do brasileiro. De origem argentina, “ancho”, em espanhol, significa “largo”, que, de maneira direta, já indica qual é a forma correta de degustar essa carne: com bifes de no mínimo dois dedos ou 4 cm de altura.

Retirado da parte dianteira do contrafilé, o ancho é conhecido de maneiras diferentes nos países em que é consumido. Na França, por exemplo, essa carne é chamada de filé de entrecôte ou noix. Nos países de origem inglesa, ela é o clube roll. Já no Brasil, o corte é chamado de filé de costela.

Essa carne, que é uma verdadeira tradição da parilla argentina, é bastante confundida com o bife de chorizo, que também é argentino, possui mesma largura e é retirado da mesma parte do boi, o contrafilé. No entanto, o chorizo é extraído da região traseira e o ancho, da dianteira.

Trata-se de um corte extremamente macio e saboroso, composto por duas partes de carne (o miolo e a capa do ancho) que são separadas por uma espessa camada de gordura, dando a essa peça um sabor único e característico. Esta é a parte mais nobre do lombo bovino e do boi como um todo, figurando no topo junto a picanha e o mignon. Por esses motivos, essa peça é protagonista nos churrascos portenhos e, além disso, vem ganhando cada vez mais adeptos em terras brasileiras.

Tempero

Na hora de temperá-lo, a dica é seguir a tradição argentina e uruguaia, que pede que essa peça seja condimentada somente com sal grosso ou, no máximo, sal médio. Outros temperos, como cebola, alho e até pimenta podem cobrir o sabor real que essa carne irá te oferecer.

Esse corte também fica delicioso acompanhando de um chimichurri fresco, que pode ser encontrado em casas de temperos, ou empórios e açougues especializados. Apesar de poder ser preparado de várias maneiras, o ideal é servi-lo, no máximo, ao ponto.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *